Cárie de mamadeira

A cárie de mamadeira é uma doença que afeta os bebes e também as crianças que ainda possuem dentição de decíduos (Dentes de leite), até mesmo o leite materno pode provocar a cárie de mamadeira, isso se não houver uma higienização adequada, a cárie está relacionada à ingestão de líquidos açucarados e tem seu desenvolvimento maior durante a noite. Depois que a criança mama o leite fica estagnado na boca, sem contar que a noite a salivação da criança diminui durante o sono.
A cárie é uma doença infecciosa, transmissível e multifatorial, depende de vários fatores para o seu desenvolvimento, o principal é o hábito, ou melhor, a higiene bucal e a dieta. Os primeiros sinais da cárie são manchas brancas e opacas que, caso o processo não seja interrompido, evoluem para uma cavitação - perda de estrutura do dente. A cárie de mamadeira pode afetar todos os dentes, mas acomete inicialmente os incisivos superiores (dentes da arcada superior localizados na região anterior). Mais tarde poderá atingir os molares ("dentes do fundo"), progredindo segundo a sequencia de erupção dos dentes.
 
 
Para prevenir à cárie de mamadeira a mãe e criança precisam de uma orientação e saibam o que é a doença cárie e como combatê-la. Aos três anos de idade, 60% das crianças já tiveram cárie, ou seja, a prevenção da saúde bucal do seu filho deve começar antes. A mãe deve ser orientada desde o período da gestação, até o nascimento da criança e daí para frente, mesmo a criança não tendo nenhum dente ainda, o acompanhamento da odontopediatra deve ser indispensável.
 
Para os bebes, os especialistas recomendam a aplicação, uma vez ao dia, de quatro gotas de flúor em cada ponta de um cotonete para fazer massagem, limpar os dentes ou uma usar uma gaze com água, massageando a gengiva do bebê.