Higiene oral

Higiene bucal é indispensável, ela é fundamental não apenas para a boca, mas para o corpo todo, e para mante-la não é nada difícil pelo contrário, criando uma rotina desde cedo, ela fica tão simples quanto outras atividades diárias, como por exemplo, comer, lavar as mãos.
Quando se ainda é bebê, limpar a gengiva com uma gase com soro após o termino do amamento dessa forma  retiramos os restos de leite e açúcar que ficam na boca, quando começarem a nascer os primeiros dentinhos levar o bebê ao odontopediatra e acostuma-lo a usar a escovinha, comprar a escova de acordo com a idade, evitar o uso de pastas com que contenham flúor também é muito importante.
Com a higienização diária, a mãe previne a alteração da flora bacteriana na boca do bebê, diminui a acidez da saliva, o risco de gengivite e o aparecimento de algumas doenças bucais como, por exemplo, o “sapinho”.
Desde cedo acostume seu filho a usar a escova de dentes, fio dental e elixir bucal, consulte regularmente um odontopediatra.

A escova de dente é o principal instrumento para uma boa higienização bucal. O correto é escovar os dentes sempre após as refeições, durante no mínimo 2 minutos em um lugar claro e sempre de frente ao espelho.

O fio Dental remove a placa bacteriana e os restos de alimentos das áreas onde a escova não alcança, como por exemplo, a linha da gengiva e as áreas entre os dentes, evitando o aparecimento de cáries e doenças gengivais.

As visitas ao dentista são uma revisão da higiene dos dentes que deve ser feita de seis em seis meses, é uma forma de manter a saúde bucal mais limpa e saudável, além de ajudar a combater o desenvolvimento de problemas, como cáries por exemplo.